ARTESANATO E SERVIÇOS EM GERAL

Amigos,

Trabalhos como os que aqui exponho são feitos por mim e por outros profissionais companheiros meus...
Sempre estarei dispondo aqui artigos diversos com preços, contatos e informações, caso queiram adquiri-los.
Colocarei sempre artes e serviços com seus designados artesãos e profissionais.

PROCUREM-NOS !

sábado, 13 de agosto de 2011

CIÊNCIA - TERAPIA GÊNICA

O QUE É TERAPIA GÊNICA ?

Texto traduzido e adaptado do livro Genetics : the ethics of engineering life,de David Suzuki e Peter Knudtson, 1ºed.,Unwin Hyman Ltd.,Londres,1990.

A nova tecnologia de manipular genes criou a possibilidade de corrigir os erros que causam algumas doenças hereditárias humanas. A possibilidade de um DNA ser introduzido diretamente nas células e nos cromossomos de mamíferos antecipa o dia em que a "terapia gênica" será uma realidade.

Os cientistas sabem que a terapia gênica resolverá apenas alguns problemas. A grande maioria das doenças hereditárias humanas resulta de interações complexas entre diversos genes e múltiplos fatores ambientais, o que dificulta ou impede qualquer terapia eficaz. Além disso, o número de pessoas afetadas por doenças hereditárias é mínimo quando comparado a outros problemas de saúde da maioria da população.

Apesar das limitações, a idéia de estender a batalha contra as doenças para dentro do genoma humano, corrigindo ou substituindo seqüências defeituosas do DNA, representa uma mudança radical no tratamento de doenças hereditárias.

Existem diversas estratégias possíveis para a terapia gênica humana. Uma delas seria a inserção de genes normais em cromossomos de uma célula doente. Ao se expressarem, os genes inseridos poderiam produzir quantidades suficientes da enzima ou proteína cuja falta está causando a doença.

Outra possibilidade seria a de executar uma "cirurgia gênica", removendo um gene defeituoso do cromossomo e substituindo-o por um gene normal.

Transplantar seqüências de DNA é um dos sonhos da terapia gênica que, até o momento, não está ao alcance dos geneticistas.

Enviar um comentário